Duração

Tamanho do Grupo

O território é formado pelos concelhos fronteiriços de Figueira de Castelo Rodrigo, Freixo de Espada à Cinta, Miranda do Douro e Mogadouro, tendo por companhia o rio Douro, com as suas margens escarpadas, designadas por “arribas”, possuindo uma fauna riquíssima, particularmente ao nível das aves, destacando-se o Abutre do Egipto, Águia-real, Águia de Bonelli, Cegonha-preta e o Grifo.

O Inverno, é algo rigoroso, o verão é curto, quente e seco, a primavera e o Outono, frescos, conferindo à paisagem uma beleza de cores lindíssimas.

Possuidora de um valioso património cultural e arquitectónico, com evidência para os castelos de Miranda do Douro e Mogadouro, a igreja que serviu de catedral de Miranda, e as inúmeras igrejas românicas e aldeias, que ainda mantém as tradições.

O início do desenvolvimento da região está associado ao Tratado de Alcanices entre D. Dinis, rei de Portugal, e Fernando IV, rei de Leão e Castela, quando ocorre a fundação de Miranda do Douro, e consequentemente a diocese. Num passado recente, a região foi servida pela Linha Ferroviária do Sabor, tendo o seu troço a maior inclinação existente em vias férreas de Portugal.